Conta de luz vai subir em setembro. Controle os ´vilões´ do consumo. Veja como

Conta de luz vai subir em setembro. Controle os ´vilões´ do consumo. Veja como
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

FLAVIA KUROTORI
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A conta de luz vai continuar pesando no bolso dos brasileiros em setembro. A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) anunciou nesta sexta-feira (27) que a bandeira tarifária continuará sendo a vermelha patamar 2, com custo adicional de R$ 9,49 a cada 100 kWh (quilowatts-hora).

A taxa do segundo patamar foi reajustada em julho. Até então, a cobrança adicional era de R$ 6,24.

O encarecimento acontece por causa da seca histórica que atinge o país. Com isso, é necessário acionaras usinas térmicas para garantir o abastecimento. No entanto, esta modalidade de geração de energia é mais cara e é cobrada do consumidor.

Para os moradores da região metropolitana de São Paulo, a conta de luz está ainda mais salgada, uma vez que a Enel, concessionária responsável pela distribuição de energia, aplicou reajuste de 11,58% nas tarifas do mês de julho.

ENTENDA COMO FUNCIONA CADA UMA DAS BANDEIRAS TARIFÁRIAS

Criado em 2015 pela Aneel, o sistema de bandeiras tarifárias indica se haverá ou não acréscimo no valor da energia para o consumidor final.

BANDEIRA VERDE
Significa que as condições de geração de energia elétrica estão favoráveis, portanto, não há acréscimo.

BANDEIRA AMARELA
As condições para geração de energia estão menos favoráveis, mas ainda não estão críticas. O acréscimo é de R$ 1,87 a cada 100 kWh consumidos.

BANDEIRA VERMELHA PATAMAR 1
Indica que as condições para geração de energia estão mais custosas. O incremento é de R$ 3,97 a cada 100 kWh.

BANDEIRA VERMELHA PATAMAR 2
Acionada quando as condições para geração de energia elétrica estão críticas e ainda mais caras. A tarifa aumenta R$ 9,49 a cada 100 kWh.

PLANO DE RACIONAMENTO

Na segunda-feira (23), o governo federal definiu as regras para início do programa de racionamento destinado a grandes consumidores, como as indústrias.

Para que o plano seja implementado, a CCEE (Câmara de Comercialização de Energia Elétrica) precisa publicar suas diretrizes.

Já na última quarta-feira (25), o governo federal anunciou que também pode adotar plano para incentivar a economia de energia por parte do consumidor residencial.

A ideia é conceder desconto aos clientes que diminuírem o consumo. Embora seja esperado para setembro, não há prazo para início do programa.

VEJA COMO ECONOMIZAR ENERGIA EM CASA

Geladeira e freezer
– Evite a proximidade com o fogão ou áreas expostas ao sol
– Se o eletrodoméstico ficar entre armários e paredes, deixe um espaço de pelo menos 15 centímetros dos lados e no fundo do aparelho
– Evite abrir a porta da geladeira por tempo prolongado –a dica é espaçar os alimentos para que fique mais fácil de encontrá-los e anotar em um papel o que tem na geladeira e no freezer para consultar antes de abri-los
– Não guarde alimentos e líquidos quentes
– Não forre as prateleiras com vidros ou plásticos, pois isso dificulta a circulação interna do ar
– Limpe as serpentinas (grades) do eletrodoméstico periodicamente

Aquecedor
– Prefira modelos que disponham de tanque com melhor isolamento e controle de temperatura
– Regule o aparelho regularmente

Iluminação
– Use lâmpadas fluorescentes ou de LED onde a luz fica acesa por mais tempo
– Evite acender as luzes enquanto tiver luz do sol entrando pelas janelas
– Apague as luzes ao deixar um ambiente
– Use cores claras ao pintar o teto e as paredes, pois ajudam a refletir a luz, reduzindo a necessidade de luzes artificiais

Televisão
– Mantenha desligada quando não tiver ninguém assistindo
– Não durma com o aparelho ligado
– Use o temporizador para que a TV desligue automaticamente quando necessário

Ar condicionado
– Escolha um modelo adequado ao tamanho do ambiente que será utilizado
– Prefira aparelhos com controle automático de temperatura
– Quando instalar, evite que o aparelho fique exposto ao sol
– Quando o aparelho estiver funcionando, mantinha portas e janelas fechadas
– Mantenha os filtros limpos para não prejudicar a circulação do ar

Máquina de lavar louças ou roupas
Ligue somente com toda capacidade preenchida

Chuveiro
– Só ligue o chuveiro quando estiver pronto para o banho
– Feche a torneira enquanto se ensaboa
– Tente reduzir o tempo dos banhos

Fique atento!

Em caso de férias ou viagens prolongadas, o ideal é esvaziar a geladeira e desligar a chave geral do imóvel. Assim, é possível evitar o gasto de energia com as luzes dos aparelhos em stand by, como televisão, rádio e micro-ondas.