De saída do PTB, Wilson Filho lamenta partido ter se tornado ‘extremista’: “Perdemos o interesse na permanência”

De saída do PTB, Wilson Filho lamenta partido ter se tornado ‘extremista’: “Perdemos o interesse na permanência”
Foto: Divulgação

De malas prontas para sair do PTB, o deputado estadual Wilson Filho, que é filho do ex-presidente do partido na Paraíba, Wilson Santiago, lamentou o que se transformou o partido sob o comando de Roberto Jefferson, presidente nacional da sigla. Em declaração ao programa ‘Arapuan Verdade’, o líder do governo na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) reforçou o discurso de que a legenda se tornou extremista.

“Estamos acompanhando uma mudança de perfil ideológico do PTB. O PTB que nós nos filiamos e nós conhecemos é um partido que tem um viés defensor das causas trabalhistas. Temos um perfil de trabalho nessa linha. A Paraíba e o Brasil agradecem todos os direitos trabalhistas conquistados pela bandeira do PTB, mas não é a realidade atual do PTB. Desde janeiro, o partido deu um cavalo de pau na sua posição ideológica e se tornou um partido bastante extremista”, lamentou.

Para Wilson Filho, o Brasil é continental e abriga pensamentos divergentes, portanto, o extremismo não caberia ao país.

“Não nos sentimos confortáveis com esse tipo de posicionamento. O extremismo nunca será uma posição agradável e confortável para o nosso país, que é de dimensão continental e tem tantos pensamentos diversos que precisam ser respeitados. Por isso, nós perdemos o interesse na permanência não apenas no partido, mas na própria gestão do partido”, finalizou.

 

PB Agora